ULTIMAS NOTICIAS

SUPOSTA FRAUDE NA UEG MORRINHOS PODE ADIAR ELEIÇÃO PARA REITOR.

Está em curso uma investigação de suspeitas de irregularidades na escolha de integrantes do Conselho Universitário da Universidade Estadual de Goiás, fato que suspendeu a próxima reunião do órgão marcada para esta quarta-feira (02) e podem cancelar as decisões do último encontro do colegiado que aconteceu no início do mês, com isso decisões relacionadas à eleição para Reitoria e o enxugamento da instituição de ensino acabaram sendo adiadas.

A decisão de passar um “pente Fino” na regularidade dos conselheiros universitários surgiu após uma denúncia envolvendo o Câmpus de Morrinhos, após mais de cem estudantes organizarem um abaixo-assinado que indicava que um estudante da unidade estaria votando no conselho no CSU sem ter sido eleito como é previsto no Estatuto da universidade.

Uma primeira consequência visível desta ação pode ser o cancelamento de uma decisão votada na última reunião do conselho que deu permissão com um voto de diferença para que funcionários temporários votem na próxima eleição de reitor.

A partir disso. O reitor interino Rafael Borges Decidiu não só apurar a situação deste Conselheiro de Morrinhos como de todos os 41 campus da UEG.

Além de reitores, pró-reitores e um representante do Estado o conselho Universitário é formado por três representantes de cada uma das oito regionais da UEG sendo um estudante um professor e um técnico administrativo esses representantes que são conselheiros com poder de voto devem ser Escolhidos por eleição em seus respectivos Câmpus, eleição que não aconteceu em Morrinhos para representante dos estudantes.

Com informações: O Popular

COMPARTILHAR:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *