ULTIMAS NOTICIAS

Casos de infecção por HIV crescem e deixam Aparecida de Goiânia em alerta

Um estudo epidemiológico, realizado pelo Sistema de Informação e Agravos de Notificação (Sinan) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Aparecida de Goiânia, revelou um número alarmante em casos de infecção pelo vírus HIV.
Conforme o levantamento, entre janeiro de 2007 e novembro de 2019, foram notificados 826 casos de Aids e 1208 de HIV no município. Apenas em 2019, já foram notificados 214 casos de HIV e 47 de Aids.
Segundo o secretário municipal de Saúde, Alessandro Magalhães, os dados deixam claro que as políticas públicas que proporcionaram a implantação e a popularização dos testes rápidos no município têm se tornado importantes aliadas do diagnóstico precoce, possibilitando o início rápido do tratamento e a redução de morbimortalidade.

Por outro lado, acendem um alerta para o aumento considerável do numero de pessoas que não se previnem de forma eficaz. “Com os avanços na terapia antirretroviral, houve uma redução significativa nos casos de Aids ao longo dos últimos anos. Nosso desafio é alertar a população a respeito dos riscos da infecção e seguir universalizando o acesso às medidas preventivas e de profilaxias pré e pós exposição”, pontua.

A superintendente de Vigilância em Saúde, Vânia Camargo, explica que o Programa de Atenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis, Aids e Hepatites Virais conta com Centros de Testagem e Aconselhamento (CTAs), localizados no Centro Clínico Municipal, no Centro de Saúde Papillon Park, e em 25 Unidades Básicas de Saúde (UBS).

“Essas unidades contam com equipes compostas por psicólogos, enfermeiros e médicos e oferecem serviços de diagnóstico, tratamento e prevenção dessas enfermidades”, afirma. Ela conta que qualquer um pode chegar nos CTAs e realizar testes rápidos para a identificação de infecções sexualmente transmissíveis (ISTs). “São unidades porta-aberta, isto é, a pessoa pode procurar e solicitar diretamente o procedimento sem a necessidade de passar pela Regulação da SMS”.
FONTE: DIÁRIO DE GOIAS.

COMPARTILHAR:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: