ULTIMAS NOTICIAS

Comitê prepara estratégias para evitar aglomerações em municípios turísticos

O comitê permanente de enfrentamento à Covid-19 nos municípios turísticos goianos traça estratégias de atuação para conter excessos, como as aglomerações verificadas no feriado de 7 de setembro. Na primeira reunião do grupo, realizada na quinta-feira (10/09), foram apresentadas sugestões de medidas que podem ser tomadas nesse sentido. Entre elas, estão: barreira sanitária, aumento do ostensivo policial e fiscalização nas atrações das cidades. Também foram sugeridas a possível exigência de apresentação de exame negativo da Covid-19 e a proibição de ônibus turísticos, mas são propostas a serem ainda analisadas.

Ainda entre as sugestões apresentadas está a realização de levantamento prévio de ocupação com as pousadas, aplicativos de hospedagem, casas, flats e chácaras de aluguel, bem como ampla divulgação na mídia para informar que somente pessoas com reservas poderão entrar no município.

O comitê permanente é formado por órgãos do Estado de Goiás, Ministério Público e representantes de 20 municípios, e foi criado após reunião de prefeitos com o governador Ronaldo Caiado, na quarta-feira (09/09). Os feriados deste segundo semestre são o foco de atuação do grupo. O próximo, nacional, será o de Nossa Senhora Aparecida, dia 12 de outubro, que cairá numa segunda-feira.

A definição das medidas que efetivamente serão adotadas pelo comitê para evitar que novos casos de aglomerações ocorram nos municípios turísticos durante os próximos fins de semana prolongados está prevista para ocorrer em nova reunião grupo, na próxima semana. Na quarta-feira (09/09), em reunião com prefeitos, Caiado ressaltou que a situação requer, além de um reforço nas medidas de conscientização da população, a adoção de punições mais rígidas.

Na reunião por videoconferência onde ficou definida a criação do comitê permanente, representantes de 16 municípios turísticos participaram. Na mesma data o governador já indicou integrantes do Governo de Goiás das Secretarias de Segurança Pública, Saúde e Comunicação e da Goiás Turismo, para integrar o grupo de trabalho.

O procurador-geral de Justiça de Goiás, Aylton Vechi, que também participou da reunião que resultou na criação do grupo, pediu celeridade na instituição do comitê, do qual o órgão também tem representante. Na ocasião, ao comentar sobre as aglomerações registradas no último fim de semana, Aylton Vechi alertou para a necessidade de se intensificar a fiscalização e disse que ações no âmbito criminal deveriam ser consideradas.

Nesta quinta-feira (10/09), o primeiro encontro do comitê também foi realizado por videoconferência. O foco foi o alinhamento dos órgãos de Governo e o Ministério Público.

Participaram da reunião o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral e equipe, a subprocuradora-geral de Justiça, Laura Bueno, os promotores de Justiça, Karina D’Abruzzo e Adriano Godoy Firmino, o chefe do Estado Maior, coronel Delso do Prado Mesquita Júnior, o coordenador da Operação Férias do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel Ricardo Silveira, a gerente de Vigilância da Superintendência de Vigilância em Saúde de Goiás (Suvisa-GO), Eliane Rodrigues e o gerente de Estratégia e Pesquisa da Secretaria de Comunicação, Jean Carlos Vieira e Silva.

COMPARTILHAR:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: