ULTIMAS NOTICIAS

Escolas distribuem cestas básicas para famílias em vulnerabilidade social

Ação visa garantir a alimentação dos estudantes de baixa renda durante a pandemia de COVID-19

Coordenações regionais e unidades escolares de todo o estado realizam, ao longo desta semana, a distribuição de cestas básicas para famílias em vulnerabilidade social. O objetivo é garantir aos estudantes de baixa renda uma alimentação adequada durante a pandemia de COVID-19. Ao todo, mais de 500 cestas de alimento já foram entregues às famílias.

De acordo com a coordenadora regional de Morrinhos, Walkyria Helena Castro, a ideia surgiu durante uma webconferência com a secretária de Educação, Fátima Gavioli. Durante a conversa, coordenadores regionais e gestores de todo o estado foram orientados a utilizar o saldo remanescente de contratos e os recursos destinados à merenda escolar do mês de março para confecção de kits de alimentos para a comunidade escolar.

A partir daí, cada unidade escolar foi responsável por fazer o levantamento das famílias beneficiadas, com base nas informações de renda e da participação em programas sociais. Em Itapaci, municípios do norte goiano, além das famílias de baixa renda foram beneficiados também os pais da comunidade escolar que são trabalhadores informais e que, nesse período, estão impossibilitados de exercer a função.

Após o levantamento inicial, cada escola elaborou um cronograma de entrega das cestas, de modo a evitar tumulto e a aglomeração de pessoas nas escolas. “Tudo está sendo feito com a maior segurança, mantendo as orientações de distância e o uso do álcool em gel”, conta a coordenadora regional de Morrinhos.
Auxílio alimentação

Além da ação conjunta das CREs e escolas, o Governo de Goiás instituiu um programa para auxiliar as famílias dos estudantes da rede pública estadual durante o período de suspensão das aulas presenciais. Regulamentado pelo Decreto nº 9.643, o benefício prevê um auxílio de R$ 5,00 por dia de suspensão para estudantes cadastrados nos programas Bolsa Família, Renda Cidadã e Cartão Cidadão.

No último dia 8 de abril, foram depositados R$ 150,00 referentes aos primeiros 30 dias de suspensão das aulas presenciais. (Comunicação Setorial da Secretaria de Estado da Educação).

COMPARTILHAR:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!