ULTIMAS NOTICIAS

Programa Mais Crédito atende 1.250 micro e pequenos empresários na primeira semana

O Programa Mais Crédito, lançado pelo Governo de Goiás, por meio da Secretaria da Retomada, atendeu 1.250 micro e pequenos empresários na primeira semana de funcionamento, de segunda-feira (14/09) a sexta-feira (18/09). A ação realiza atendimento presencial na sede da Associação Comercial, Industrial e de Serviços do Estado de Goiás (Acieg), apenas por agendamento, e tira dúvidas por telefone (62) 3237-2630, WhatsApp (62) 99640-3244 ou ainda pelo e-mail (retomadadocredito@gmail.com). O público poderá comparecer ao local, após agendar um horário, até a próxima sexta-feira (25/09), das 9h às 12h e das 14h às 17h.

O setor varejista foi o que mais procurou os serviços disponibilizados pelo Mais Crédito, com 18,36% do total de atendimentos presenciais na primeira semana. Os ramos da construção e alimentos ficaram em segundo lugar, com 15,49% dos atendimentos. A terceira posição ficou com os empresários de academias, que representaram 9,85% dos que procuraram a estrutura do programa.

O secretário da Retomada, César Moura, destaca que o Programa Mais Crédito foi criado para atender a um público bastante atingido pela pandemia e que ainda não conseguiu acesso a outras oportunidades de empréstimos.

“Nosso objetivo com o Mais Crédito é criar um ambiente de renegociação de débitos dentro de uma realidade que o micro empresário consiga honrar as parcelas e acessar uma linha de crédito para poder continuar a gerar empregos e movimentar a economia goiana”, explicou.

Para a renegociação de dívidas das micro e pequenas empresas, o Mais Crédito conta com uma banca de conciliação, onde o empresário poderá negociar os débitos com seu credor. “As bancas que estão instaladas na Acieg não cobram custas e quem às procuram não precisa levar advogado pra negociar”, comenta a gerente de Intermediação e Recolocação no Trabalho da Secretaria da Retomada, Yara Nunes.

O empresário interessado em regularizar as dívidas só precisa agendar com antecedência e levar seu credor para formalizarem o termo de acordo, na sede da Acieg. “Caso o empreendedor não saiba quem ele deve, a equipe do programa faz uma busca nos cartórios de protesto que tem um estande no local”, conta Yara.

Antes de comparecer a unidade de atendimento do Mais Crédito, é necessário preencher uma proposta de plano de recuperação. Um modelo está disponível para ser baixado gratuitamente no site da Secretaria da Retomada (retomada.go.gov.br/mais-credito).

Criado para oferecer uma série de oportunidades para que empreendedores regularizem as dívidas de suas empresas, a iniciativa também disponibiliza várias opções de financiamento por parceiros.

A GoiáFomento está com estande onde disponibiliza linhas de crédito com condições especiais para financiar o capital de giro para empreendedores em todo território goiano. São elas: GF Turismo Capital de Giro, GF Turismo Microcrédito Orientado Guias de Turismo, GF Microcrédito Produtivo Orientado MCP, GF CredFomento, GoiásFomento Giro e GoiásFomento Giro Vip.

A gerente Yara Nunes ressalta que o empresário tem acesso a uma análise da situação da empresa para verificar se há algum protesto ou outro tipo de negativação. “Se existir alguma pendência, o empreendedor é encaminhado ao espaço do Sebrae, onde ele receberá uma consultoria financeira, e, se for o caso de buscar crédito, o empresário é encaminhado a uma das instituições parceiras do Mais Crédito”, orienta. Além da GoiásFomento, o Banco do Brasil, o Sicoob Lojicred, a OCB-GO, a Garanti Goiás e o C6 Bank são as outras instituições financeiras parceiras do programa.

COMPARTILHAR:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: