ULTIMAS NOTICIAS

Secretário nacional diz que Goiás é referência em políticas para idosos durante entrega de R$ 9,3 milhões em auxílio emergencial

O governador Ronaldo Caiado entregou, nesta terça-feira (17/11), R$ 9,3 milhões em auxílio emergencial para 147 instituições de longa permanência de idosos (ILPIs), que abrigam 4.010 pessoas em Goiás. O recurso é resultado de parceria com o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos (MMFDH) e será aplicado no combate à Covid-19. “Estou encantado. É o primeiro Estado que faz uma cerimônia para valorizar instituições de longa permanência”, afirmou o secretário nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, do MMFDH, Antônio Costa, durante solenidade no Centro Cultural Oscar Niemeyer, que contou com as presenças da presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), primeira-dama Gracinha Caiado, e da secretária de Desenvolvimento Social, Lúcia Vânia.

O secretário nacional foi além. Ressaltou que Goiás que é “referência nacional no desenvolvimento da política para o idoso” e que esta foi uma oportunidade de reconhecer isto, com encaminhamento de verba referente ao auxílio emergencial. “Essas entidades que estavam invisíveis podem receber, neste momento de dificuldade, essa assistência”, pontuou. Caiado agradeceu: “Hoje recebemos mais um título que nos honra e nos orgulha enormemente, ser o primeiro lugar no Brasil em como se tratar os idosos. Parabéns a todos vocês.”

Ainda segundo Costa, a ideia é que o auxílio se torne um amparo permanente de assistência e saúde, para o patrocínio de equipes preparadas, uma vez que as duas áreas “têm que caminhar juntas”. Outro anúncio foi a implantação, em 2021, de um programa de capacitação gestão financeira com todas as ILPIs cadastradas, sem custo para o Estado, bem como as de prefeituras, para que possam ter conhecimento de como fazer a política do idoso, por meio dos Conselhos, do Fundo Municipal da Pessoa Idosa, e do programa Solidarize. “O Brasil será a quinta ou sexta maior população de idosos no mundo. É preciso estar preparado para este grande desafio, que é o envelhecimento da população”, ressaltou.

Caiado expressou a satisfação com os anúncios feitos pelo secretário, destacando que muitas instituições ainda têm dificuldade para superar a burocracia e lidar com a gestão e acesso ao dinheiro público pelos canais de Brasília. “Goiás está de portas abertas à vossa excelência, que terá toda autonomia. É um trabalho que também tem sido feito por Gracinha com todas as primeiras-damas [dos municípios]. É fundamental esse conhecimento para utilização desta fonte orçamentária em cada um de nossas cidades.”

Para o governador, a vinda do secretário também é motivo de orgulho por representar mais uma etapa da política de melhoria da qualidade de vida das pessoas, fruto da parceria do Governo Federal, do presidente Jair Bolsonaro, com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social, OVG e todas as instituições goianas, públicas ou privadas. “Sempre tivemos um carinho especial com as pessoas que já cumpriram grande parte da etapa de suas vidas, trabalhando para ajudar o Estado de Goiás. Temos um tratamento diferenciado com a casa de idosos”, ressaltou.

COMPARTILHAR:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: