Spread the love

As autoridades de saúde em Goiás têm alertado a população sobre o crescimento no número de casos de dengue este ano no Estado. Nas primeiras seis semanas do ano, subiu em 215% o número de pessoas infectadas e quatro mortes pela doença foram confirmadas. Outras oito estão sendo investigadas sob suspeita de terem origem no mosquito Aedes aegypti.

Ao Jornal Brasil Central desta quinta-feira (24), o coordenador estadual de Combate à Dengue da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Murilo do Carmo, disse que o período chuvoso e o descuido das pessoas no combate aos criadouros do mosquito causador da dengue pioram a situação.

Atualmente, 62 municípios goianos apresentam alto risco para a transmissão da doença, ou seja, têm registro de mais de 300 casos por grupo de mil habitantes. Para auxiliar os municípios no combate ao mosquito transmissor, a Secretaria de Saúde adquiriu 20 bombas pesadas, conhecidas como carros fumacê. Eles já estão sendo montados e equipados. O coordenador lembra ainda que a participação da população é importante na vistoria de locais de proliferação do mosquito Aedes aegypti.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!