ULTIMAS NOTICIAS

Governo do Estado leva Programa Goiás Social a Matrinchã e Amaralina

Spread the love

As cidades de Amaralina e Matrinchã, no Norte e Noroeste goiano, receberam as primeiras ações do Programa Goiás Social, iniciativa do Governo do Estado, criada para diminuir a vulnerabilidade social das famílias goianas, nesta terça e quarta-feira (22 e 23/06).

Nos dois dias, foram realizadas visitas técnicas de analistas sociais para cadastro das famílias em situação de vulnerabilidade. Nas duas cidades, a atividade contou com a participação da coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais e presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), primeira-dama Gracinha Caiado, na terça-feira em Matrinchã e na quarta-feira em Amaralina.

“Ver o Goiás Social rompendo fronteiras significa muito para todos nós. Essa é uma iniciativa que leva dignidade e qualidade de vida às famílias vulneráveis e que realmente precisam. Eu posso garantir para vocês que o governador Ronaldo Caiado tem compromisso de promover a mudança real na vida das famílias em situação de vulnerabilidade de Goiás e para que todos vivam com dignidade”, afirma a presidente de honra da OVG e coordenadora do GPS, primeira-dama Gracinha Caiado.

Coordenado pelo Gabinete de Políticas Sociais (GPS) com o apoio da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), o Goiás Social envolve diversas pastas estaduais e as prefeituras participantes. Nesta primeira etapa, são verificadas as desproteções sociais e como a população mais carente pode ser contemplada dentro dos benefícios que o projeto propõe, como reformas de moradias, cursos de alfabetização para adultos e de qualificação e capacitação profissional, possibilitando a geração de renda na comunidade, além do Crédito Social, recurso voltado para aqueles que participam dos cursos de capacitação e pretendem empreender.

Nesta primeira visita, também são entregues benefícios da OVG, como cadeiras de rodas, fraldas infantis e geriátricas, cestas básicas e colchões especiais. Além de Matrinchã e Amaralina, o programa já está em andamento nas cidades de Americano do Brasil, Edéia, Monte Alegre, Cavalcante, Morro Agudo e Nova América.

Visitada pelo Governo do Estado durante o Goiás Social, Simira Helena Boaventura, 69 anos, moradora de Amaralina, diz que a ação lhe devolveu a esperança. “Em toda a minha vida, nunca imaginei viver o que estou vivendo hoje. Meu coração está a mil, parece que estou voltando a acreditar no melhor”.

Ao apresentar a casa onde vive, dona Simira conta que a construção foi feita de improviso. “Há muitos anos eu tento uma ajuda para conseguir ajeitar minha casa, principalmente o telhado. Eu tenho medo de como está, porque as madeiras estão rachadas e com cupins. Precisei até colocar escoras. Do jeito que está, eu já não consigo mais fazer o meu bazar, que era na área, com as peças que costuro. Agora, com essa visita, fico esperançosa em ver minha casa mais bonita e em poder trabalhar para viver melhor”, comentou. Ao todo, 159 famílias foram visitadas em Matrinchã e 150 em Amaralina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!