ULTIMAS NOTICIAS

LOGÍSTICA: antares irá aumentar a competitividade da indústria goiana, diz Fieg

Spread the love

Um empreendimento que irá somar e solidificar a forte vocação do Estado de Goiás para o setor de logística. Essa foi a avaliação dos diretores da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), entre eles o presidente da entidade Sandro Mabel e seu vice-presidente André Rocha, sobre o Antares Polo Aeronáutico, um ousado projeto capitaneado pelas empresas Tropical Urbanismo, Innovar Construtora, CMC Engenharia, BCI Empreendimentos e Participações e RC Bastos Participações que será implantado em Aparecida de Goiânia.

A apresentação do projeto para a direção da Fieg foi feita pelos empresários e sócios do empreendimento Rodrigo Neiva, Romeu Neiva, Emílio Bittar, e o gerente de produto Eumar Lopes. “Foi uma oportunidade de mostrarmos para a Fieg, que representa a indústria goiana, o potencial, a qualidade de um projeto que já nasce muito bem estruturado, não é à toa que foram necessários dez anos para fazermos os estudos para obtenção de todas as licenças e autorizações públicas”, destacou Rodrigo Neiva.

O empresário lembrou que, além da localização estratégica de Aparecida de Goiânia, no centro do País, o Antares está sendo construído próximo a dois aeroportos internacionais, o de Brasília e agora recentemente o de Goiânia. Também teremos acesso fácil com modais de transporte rodoviários e ferroviário. “Será um empreendimento que irá agregar significativamente à economia goiana, favorecendo as indústrias que já estão aqui e atraindo muitas outras para o Estado”, pontuou Rodrigo.

De acordo com o vice-presidente da Fieg, André Rocha, o projeto do Polo Aeronáutico Antares irá, não só consolidar a vocação nata de Goiás para os serviços de logística, como também agregar muito a setores da economia goiana. “Num mundo com um comércio cada vez mais competitivo a questão da logística é sempre um grande diferencial. Por isso a Fieg apoio esse grandioso projeto que é o Polo Aeronáutico Antares. Será um empreendimento que irá melhorar a competitividade da indústria, do comércio e dos serviços do Estado de Goiás. Portanto, ganha a cidade Aparecida de Goiânia, a capital Goiânia e o estado de Goiás”, destacou o líder empresarial.

Sobre o Antares
Com 209 hectares de área, o Antares Polo Aeronáutico será voltado para aviação executiva, manutenção e operações logísticas. Terá pista de 1,8 quilômetros, terminal de embarque e desembarque, posto para abastecimento, pista de acesso aos hangares (taxiway), área para Fixed Base Operator (FBO), estacionamento para visitantes e área para helicentro, além de outros serviços relacionados direta e indiretamente à aviação geral, que poderão adquirir áreas para se instalarem em seu entorno.

São 654 mil m² será destinada para receber hangares de aviação executiva, de manutenção de aviões, escolas de aviação, empresas de compra e venda de aeronaves, peças e fornecedores em geral. A estrutura de apoio e a pista tem previsão de início de obras para 2021 e ficarão prontos em 2024.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: