Spread the love

Um novo alerta em relação à pandemia foi acesso entre autoridades de saúde em todo o mundo após uma nova variante da Covid-19 ser detectada na África do Sul. O ministro da Saúde do Reino Unido, Sajid Javid, afirmou nesta sexta-feira (26/11) que a descoberta é uma “grande preocupação internacional”.

Segundo Javid, uma das lições da pandemia foi que o mundo deve agir rapidamente e o mais cedo possível, entretanto disse ter que agir com cautela. “Estamos entrando no inverno e nosso programa de reforço ainda está em andamento, então devemos agir com cautela”, afirmou.
Além disso, ressaltou o temor da comunidade científica de que a variante possa ser a “pior já existente”. Os cientistas temem que a nova versão do coronavírus, conhecida como B.1.1.529, seja mais transmissível e afete de forma diferente o sistema imunológico.

Caso a variante “drible” o sistema imunológico, além de mais infecções que aumentam consequentemente as hospitalizações e mortes, significa a possibilidade que as vacinas disponíveis possam ser menos eficazes contra ela.

As preocupações surgem a partir no alto número de mutações. Vírus fazem cópias de si mesmos para se reproduzir, entretanto erros podem acontecer, resultando em uma nova variante e, caso dê uma vantagem de sobrevivência, a nova versão prosperará. Então, quanto mais chances o coronavírus tem de fazer cópias de si mesmo nos hospedeiros, no caso os seres humanos, mais oportunidades de mutações.
Dessa forma, é importante controlar as infecções e as vacinas auxiliam bastante a reduzir a transmissão e proteger contra formas mais graves da doença.

*Com informações Jornal o Hoje

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!