ULTIMAS NOTICIAS

Governo de Goiás começa distribuir Cartão Alimentação para os 530 mil alunos da rede estadual de ensino

Spread the love

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), iniciou, nesta quarta-feira (19/05), a distribuição do Cartão Alimentação, com R$ 30,00 de crédito, para todos os mais de 530 mil estudantes da rede estadual de ensino. O programa substitui os kits de alimentação que eram entregues pelo Estado, desde o segundo semestre de 2020. O objetivo é dar mais autonomia às famílias na escolha dos produtos.

O programa visa melhorar as refeições dos alunos durante o período de aulas remotas, no qual foi interrompido o serviço de merenda escolar. “A qualidade da alimentação da criança é fundamental para o seu crescimento, e para a capacidade cognitiva e educacional”, afirmou o governador ao lançar o benefício.

O investimento é de R$ 48 milhões, recursos do Tesouro Estadual. Os estudantes vão receber três parcelas do benefício pagas nos meses de maio, junho e julho, o pagamento é sempre referente ao mês anterior ao do recebimento.

Para o financiamento da merenda escolar no regime de aulas presenciais, a União repassava ao Estado o valor de R$ 0,36 por dia letivo, de cada estudante matriculado em escolas regulares. Esse recurso era complementado pelo Estado de Goiás com R$ 0,17, o que totalizava R$ 0,56 por dia, e R$ 10,60 por mês. O valor que está sendo destinado aos cartões alimentação é quase três vezes maior.

A Coordenação Regional de Educação de Goiânia já recebeu 49 mil cartões, que serão entregues aos alunos nas escolas. As demais coordenações regionais e os outros municípios vão receber os cartões nos próximos dias. Cada escola irá entrar em contato com os pais ou responsáveis para informar a data e horário de entrega em sua unidade.

Como funciona
O Cartão Alimentação é cadastrado no CPF do responsável pelo estudante. Para cada aluno matriculado na rede estadual, é concedido o crédito de R$ 30,00. Ou seja, se um pai possui dois filhos matriculados em escola estadual, ele receberá o crédito de R$ 60,00 em um único cartão.

O crédito pode ser utilizado em qualquer mercado ou estabelecimento credenciado à bandeira Alelo, exclusivamente para compra de gêneros alimentícios. Não há prazo para utilização, ele pode ser acumulado ao longo dos meses sem nenhum prejuízo ao estudante.

Atualização de cadastro para recebimento do benefício
Os alunos que não tiveram seu cadastro junto à escola atualizados, devem fazê-lo imediatamente. Sem os dados, com CPF do responsável e data de nascimento do estudante, não é possível confeccionar o cartão alimentação. “Alguns alunos não receberão o cartão agora porque o cadastro não foi atualizado. As escolas vêm entrando em contato com os estudantes, nas últimas semanas, para atualizarem os dados”, explicou a gerente de Alimentação Escolar da Seduc, Terezilda Melo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!