ULTIMAS NOTICIAS

Indicadores de criminalidade de Goiás em 2020 são os mais baixos da última década

Spread the love

Goiás registrou em 2020 queda de 10,4% em todos os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), na comparação com os números de 2019. A taxa integra as ocorrências de homicídios (-9,39%), latrocínios (-22%) e lesão corporal seguida de morte (-38,9%). Os dados são do Observatório de Segurança Pública da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-GO). “Esses números significam vidas, respeito e liberdade para o cidadão andar e caminhar com sua família”, destacou o governador Ronaldo Caiado em solenidade realizada nesta segunda-feira (25/01), no Palácio das Esmeraldas, que marcou a apresentação dos indicadores de criminalidade de 2020. “Estamos dando dignidade e garantia de vida para as pessoas de Goiás”, acrescentou.

Os números positivos também foram verificados nos Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP), com a queda de mais de 38%. Essa modalidade inclui, por exemplo, os roubos de veículos, que diminuíram 40,2%, a transeuntes, que caíram 35,4%, em residência, que recuaram 35,3% e os roubos em comércios, que reduziram 28,6%. Com a nova política de segurança no campo, implantada pela atual gestão do Governo de Goiás, os roubos em propriedades rurais tiveram queda de 40,5%.

Acompanhado da presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais (GPS), primeira-dama Gracinha Caiado, o governador sublinhou que a luta pela melhoria da qualidade de vida dos goianos faz parte de um trabalho diário. “Esses dados foram obtidos a partir de uma determinação de segunda a segunda. As pessoas estão envolvidas em algo que não é fácil, que é fazer construir em Goiás um ambiente que propicie segurança pública”, disse. Ele enalteceu as ações das forças policiais que, em suas palavras, “deram governabilidade” à atual gestão. “Desde que assumi, jamais deixaram de dar apoio. Meu sentimento de eterna certeza que vamos chegar ao final do nosso governo com resultados em que o cidadão vai viver com mais tranquilidade”.

A integração das forças de segurança e a inteligência agindo em parceria também foram ressaltadas pelo governador para justificar a queda nos números de criminalidade em Goiás. “Foi criado um trabalho em que a vaidade foi deixada de lado. A omissão não existiu e ninguém impediu que eles fizessem aquilo que eles são formados para fazer”, defendeu.

Os registros de homicídios e de roubos em 2020 foram os menores verificados desde a criação do Observatório de Segurança Pública, no dia 25 de janeiro de 2011. Goiás também terminou o ano de 2020 sem nenhum registro de roubo a banco. Na atual gestão não foram verificados crimes da modalidade conhecida como Novo Cangaço. “Goiás era um Estado ajoelhado para a criminalidade”, alegou o governador. “Essa percepção de segurança e da pessoa denunciar e saber que vai acontecer punição não se tinha”, sublinhou.

Os indicadores de criminalidade em Goiás no último ano seguem a tendência de redução apresentada em 2019, no primeiro ano de gestão do governador Ronaldo Caiado. Segundo o titular da SSP-GO, Rodney Miranda, a diminuição contínua dos números reflete a excelência do trabalho desempenhado pelas forças policiais e a eficácia das estratégias adotadas pela gestão do Estado nos últimos dois anos, que tem se baseado nos eixos de integração, inteligência e integridade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!