Spread the love

Alterar a Lei nº 20.918, de 21 de dezembro de 2020, que dispõe sobre a contratação por tempo determinado para atender à necessidade temporária de excepcional interesse público, nos termos do art. 92, inciso X, da Constituição do Estado de Goiás. É o que pretende o deputado Maycllyn Carreiro (PRTB), com o projeto de lei nº 6739/21, que foi aprovado em segunda votação na tarde desta quarta-feira, 1º, no plenário da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego). O placar da votação foi 25 a 0.

Maycllyn Carreiro coloca, em sua justificativa parlamentar, que o objetivo da sua proposição é garantir a inserção de recém-graduados no mercado de trabalho, implementando a reserva de vagas para quem se graduou até três anos, tendo como limite final de contagem desse prazo a data da inscrição no processo seletivo simplificado de que trata a Lei nº 20.918/2020.

O deputado ressalta ainda: “A reserva de 20% de recém-graduados garantirá a aplicação do princípio constitucional da igualdade material, ao tratar desigualmente os desiguais. Isso porque aqueles que possuem mais experiência têm acesso mais rápido ao mercado de trabalho. Essa reserva então permitirá que aqueles recém-egressos da faculdade tenham a mesma oportunidade”. A matéria agora vai à sanção da Governadoria.

Agência Assembleia de Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!