Spread the love

A Polícia Civil de Goiás, através da Delegacia de Morrinhos, coordenada pelo Delegado Fabiano Henrique Jacomelis, durante o dia de hoje (27/09/2021), identificou uma área de crime ambiental, em que as árvores derrubadas de forma ilegal estavam sendo transformadas em carvão, que era comercializado na região.

Com base em denúncias anônimas, os policiais civis identificaram uma propriedade rural na região denominada Jardim da Luz, em Morrinhos, em que as atividades de extração de madeira eram realizadas de forma ilegal.

Durante as diligências, que contaram com o apoio de fiscais municipais do meio ambiente, foi constatado que uma área de mata de preservação permanente estava sendo desmatada, sendo que a madeira de lei captada era utilizada na produção ilegal de carvão.

Diante dos fatos, após a constatação dos danos ambientais, foi instaurado Inquérito Policial, sendo que todos os envolvidos na atividade, após a devida identificação, serão indiciados por crimes descritos nos Artigos 38, 39, 40 e 45, todos da Lei 9605/98.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!