ULTIMAS NOTICIAS

Morador de Piracanjuba recebe incentivo para construir a casa própria de forma regular

Com déficit habitacional acima da média do Estado, 6,4% das famílias de Piracanjuba ainda não tem a casa própria, de acordo com levantamento do Instituto Mauro Borges (IMB), com base no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). O número corresponde a mais de 500 famílias ou 2000 pessoas, em uma população de 25 mil habitantes.

O desafio da conquista da casa própria é, na maioria das vezes, alcançado por etapas. Nas classes populares, primeiro acontece a compra do lote, depois a obra. Entre um e outro, pode acontecer um intervalo longo de tempo porque é preciso continuar pagando o aluguel e, ainda, juntar o dinheiro para a construção.

Para abreviar essa etapa, um loteamento de Piracanjuba, o Jardim Europa, está oferecendo benefícios para que a população possa erguer suas casas com mais rapidez. “Nosso compromisso com a cidade não é apenas de vender lotes, mas ajudar as famílias a concretizar seu sonho e consolidar o bairro com ocupação ordenada”, diz Leandro Daher, diretor da Tropical Urbanismo.

No Jardim Europa, as parcelas são fixas e sem correção nos dois primeiros anos, justamente para que as famílias possam se planejar melhor. Além disso, quem constrói em até um ano após a quitação da entrada, ganha 20% de abatimento no saldo devedor. No mês de novembro, aniversário da cidade, quem comprar o lote receberá um voucher de R$ 600 em materiais de construção.

Os benefícios financeiros são concedidos na medida em que o proprietário do lote comprova o andamento da obra. Para ganhar os 600 reais, é preciso iniciar a obra de fato. Para ter o abatimento no saldo devedor, ele precisa concluir a obra, o imóvel precisa estar pintado por fora e receber o termo de “Habite-se”, emitido pela prefeitura.

Regularização

O gerente de vendas, Valdemar Queiroz, explica que a exigência do “Habite-se” visa estimular que as famílias façam uma construção que siga os padrões mínimos de habitabilidade exigidos pelo poder público. “A pintura externa também deixa o bairro mais agradável, e isso também é qualidade de vida”, diz.

Outro benefício concedido para o proprietário é que ele recebe, ao adquirir o lote, o projeto arquitetônico sem custo adicional. Graças a uma parceria com a construtech InstaCasa, são disponibilizadas mais de 30 opções de projetos para escolha dos proprietários. As plantas estão desenhadas de acordo com as exigências da legislação do município. A planilha de custos da obra também é informada para que as famílias possam se planejar.

A medida visa ajudar as famílias a construírem suas casas com planejamento, funcionalidade e beleza. “A cada 10 reformas, pelo menos oito são feitas sem projeto no Brasil, segundo um estudo do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil. Esse foi um outro gargalo que buscamos resolver porque a construção sem projeto traz prejuízo para a qualidade do imóvel, do bem-estar da família e para o bairro também”, diz Leandro.

Segundo o prefeito da cidade, João Barbosa, cerca de 20% das construções na cidade são irregulares, situação que prejudica o próprio usuário. “É uma grande contribuição quando os loteamentos regularizados promovem iniciativas assim”, disse.

Jardim Europa

Todo asfaltado e com infraestrutura completa, o bairro foi planejado para mil famílias. A primeira etapa já está pronta para obras, foi praticamente vendida e já possui diversas casas e comércios prontos e em construção. A segunda está em fase de lançamento com 300 lotes. Até o final do ano, será entregue aos moradores um parque na orla do bosque de 129 mil metros quadrados. Terá academia ao ar livre, pista de caminhada e playground.

COMPARTILHAR:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: