ULTIMAS NOTICIAS

Governo de Goiás aprova mais de 1.100 propostas de financiamentos do Programa Estadual de Apoio ao Empreendedor

Spread the love

O Governo de Goiás, por meio da Agência de Fomento de Goiás (GoiásFomento), já liberou cerca de R$ 20 milhões em financiamentos do Programa Estadual de Apoio ao Empreendedor (Peame), desde que ele foi lançado, no dia 16 de março. Ao todo, foram aprovadas 1.102 propostas, sendo 358 de pessoas físicas e 744 de pessoas jurídicas.

“Em apenas 37 dias, já aprovamos o equivalente a mais de 70% do total registrado em 2020 em todas as linhas de crédito da GoiásFomento”, destacou o presidente da GoiásFomento, Rivael Aguiar, ao citar que ano passado foram contratados 1.500 financiamentos.

O Peame disponibiliza um total de R$ 112 milhões para linhas de crédito especiais, com taxa de juros 100% subsidiada pelo Governo Estadual e carência estendida. O principal objetivo do programa é socorrer os micro e pequenos empresários, microempreendedores individuais (MEI) e trabalhadores autônomos do Estado, além de feirantes e motoristas de aplicativo, diante das dificuldades financeiras impostas pela pandemia da Covid-19.

Segundo o presidente da GoiásFomento, Rivael Aguiar, com o lançamento do Peame, foi registrado grande aumento na demanda por empréstimos. Ele explica que a agência reforçou a análise dos contratos, com a criação de uma força-tarefa, e os técnicos têm trabalhado até nos fins de semana.

O cadastro foi simplificado e uma série de documentos, antes exigida, foi retirada da proposta. Com a adoção dessas medidas, a instituição financeira consegue aprovar um número cada vez maior de contratos.

Conquista
“Em menos de 30 dias o financiamento saiu. É uma grande conquista para nós, empreendedores de Goiás. Parabéns, Governo de Goiás. Parabéns, equipe da GoiásFomento”. Esta foi a mensagem da proprietária da loja de material de construção Comercial Gomes, Shirley Giovane Mendes, ao ter seu pedido de crédito aprovado.

A empreendedora contou que o dinheiro obtido no empréstimo do Peame é utilizado para equilibrar as contas da loja. Segundo ela, o acesso ao crédito representou “um grande impulso nesse momento, pois as vendas caíram muito na pandemia”.

Maria Clara da Silva, proprietária da loja de roupas femininas Tulipa Closet, também teve o financiamento liberado por meio do Peame. “Com o capital, foi possível pagar o aluguel do espaço físico, aumentar as vendas e o estoque da minha loja”, relata empresária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!